O que é a Santa Ceia? Quem Pode Participar da Santa Ceia?

Há um grande questionamento entre os cristãos de quem pode participar da Santa Ceia, pois em cada denominação há certas “regras”, que geram essa dúvida cruel.

Com isso, muitos cristãos ficam confusos, inseguros e até com medo de participarem indignamente.

Neste artigo você entenderá de uma vez por todas o real significado da Santa Ceia do Senhor e quem realmente pode participar da cerimônia.

O que é a Santa Ceia?

A Santa Ceia é uma cerimônia muito sagrada dentro do Cristianismo, que simboliza a comunhão com o corpo e o sangue de Jesus Cristo.

É uma celebração em que os fiéis participam do pão e do suco de uva, que representam o corpo e o sangue de Cristo, conforme descrito na Bíblia.

Essa prática tem como objetivo lembrar o sacrifício de Jesus na cruz e renovar a fé dos participantes, sendo uma oportunidade para os cristãos se aproximarem de Deus e fortalecerem seu relacionamento com Ele.

Quem Pode Participar da Santa Ceia?

Quem-Pode-Participar-Da-Santa-Ceia

Cada denominação cristã, nos dias de hoje, trazem inúmeras regras e doutrinas sobre quem pode ou não participar da Santa Ceia, mas precisamos focar antes de tudo na Bíblia.

Certa vez o apóstolo Paulo escreve a igreja de Corinto, para alertar a maneira de como deveriam participar:

“²⁴ E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.

²⁵ Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

²⁶ Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.

²⁷ Portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor.

²⁸ Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice.

²⁹ Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.

³⁰ Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem.”

(1 Coríntios 11:24-30)

Nesse trecho, o apóstolo Paulo de forma bem clara, explica a condição básica para participação da Santa Ceia, que é o “Examinar-se a si mesmo”.

Ou seja, nenhuma pessoa, ou doutrina, ou denominação, ou líder religioso pode proibir alguém de participar da Ceia do Senhor, pois o exame espiritual é totalmente pessoal.

Logo após esse “auto exame”, a própria pessoa decide, conscientemente, se arrepender de seus pecados, para seguir Jesus por toda a sua vida.

Porém é importante entender, que a Santa Ceia não é para todos!

Pois Jesus não ceou com toda àquela multidão de milhares de pessoas que O seguia em busca de milagres, nem mesmo com os 70 que havia separado para o trabalho evangelístico, mas ceou apenas com os seus 12 discípulos.

Ou seja, é uma cerimônia sagrada, que não pode por exemplo, ser tratada como um ato evangelístico, mas deve ser tratada com muito temor para com os membros do corpo de Cristo, para quem faz parte dos íntimos de Deus.

O que é Participar Indignamente da Santa Ceia?

O-Que-É-Participar-Indignamente-Da-Santa-Ceia

Participar indignamente é quando a pessoa não reconhece Jesus como Salvador de sua alma, para o perdão de seus pecados, tratando a Santa Ceia, como uma ceia qualquer.

O apóstolo Paulo até cita sobre isso em sua carta, quando disse:

“Mas, se algum tiver fome, coma em casa, para que não vos ajunteis para condenação. Quanto às demais coisas, ordená-las-ei quando for.”

(1 Coríntios 11:34)

No texto acima, o apóstolo Paulo até relata as consequências de quem indignamente participou da Santa Ceia:

  • Muitos Fracos: Não tendo firmeza de fé em permanecer seguindo a Jesus, ou seja, hora estavam presentes, hora ausentes da igreja;
  • Muitos Doentes: Fisicamente com enfermidades e espiritualmente carregando o peso da condenação dos pecados não confessados, nem abandonados;
  • Muitos que Dormem: Usando de um eufemismo, Paulo está falando da morte literal, que prematuramente atingia os que participavam indignamente.

Portanto, é importante que aquele que deseja participar da Santa Ceia tenha consciência do seu significado, que esteja disposto (a) a se arrepender de seus pecados e reconhecer Jesus como Senhor e Salvador de sua alma.

Quem Não é Batizado Pode Participar da Santa Ceia?

Quem-Não-É-Batizado-Pode-Participar-Da-Santa-Ceia

Na Bíblia Sagrada, não há uma resposta direta sobre se uma pessoa não batizada pode participar da Santa Ceia. No entanto, muitas denominações cristãs determinam o batismo nas águas como um pré-requisito para a participação na Santa Ceia.

Tudo por conta de ser um ato de arrependimento público, seguido de obediência e entrega total à fé no Senhor Jesus.

Pois se de fato a pessoa está arrependida de seus pecados, porque não se batizar?

E também era uma prática comum na igreja primitiva, pois assim que aceitavam o Senhor Jesus, como Senhor e Salvador de suas vidas, seguia-se o ato de batismo nas águas rapidamente e a participação da Santa Ceia era após, quando começavam a cultuar com o corpo de Cristo.

Criança Pode Tomar Santa Ceia?

Criança-Pode-Tomar-Santa-Ceia

As crianças não podem participar da Santa Ceia, por falta de maturidade de discernir entre o certo e errado.

Essa condição de discernimento é fundamental para qualquer pessoa, que deseja participar dessa cerimônia:

“come do pão e bebe do cálice sem discernir o corpo, come e bebe para a sua própria condenação” (1 Coríntios 11:28,29)

Por conta da criança não ter esse discernimento, então não é recomendável participar.

E os pais devem ensinar esse temor e respeito, para que no momento da maturidade, possam discernir de forma correta.

Pessoas que não são Casadas podem Participarem da Santa Ceia?

Pessoas-Que-Não-São-Casadas-Podem-Participarem-Da-Santa-Ceia

Essa é uma questão que depende muito de cada caso, pois há casos que sim e outros que não.

Antes de simplesmente trazer uma resposta avulsa é necessário fazer a seguinte pergunta:

Porque ainda os dois não se casaram?

Dependendo da resposta dada, tudo pode mudar.

Segue abaixo respostas para 3 exemplos de situações muito comuns:

  • Exemplo 1: A esposa se converte, mas o marido não. Quando ela faz o apelo para casar, ele não aceita, pois acredita que não seja necessário. Neste caso, por conta da salvação ser individual e o casamento não depende apenas da parte dela, estará livre para Cear com o Senhor.
  • Exemplo 2: O casal chega na igreja já morando juntos sem ser casados. Cabe agora a eles procurarem seus líderes para oficializarem o casamento.
  • Exemplo 3: O casal está na igreja já participando ativamente e decidem morar juntos sem antes ter casado. Já neste caso não é possível participarem, pois estão pecando conscientemente.

O que Jesus fala sobre a Santa Ceia?

O-Que-Jesus-Fala-Sobre-A-Santa-Ceia

Durante a última ceia de páscoa, o Senhor Jesus instituiu como um memorial do seu sacrifício por toda a humanidade, dando um novo significado aos elementos, ensinando aos seus discípulos:

Enquanto comiam, Jesus tomou o pão, deu graças, partiu-o, e o deu aos discípulos, dizendo: “Tomem e comam; isto é o meu corpo”. Em seguida, tomou o cálice, deu graças e o ofereceu aos discípulos, dizendo: “Bebam dele todos vocês. Isto é o meu sangue da aliança, que é derramado em favor de muitos, para perdão de pecados”. (Mateus 26:26-28)

Essas palavras de Jesus mostram que a Santa Ceia é um símbolo sagrado de Sua morte na cruz por todos nós, através do pão que representa o seu corpo e do suco de uva que representa o seu sangue.

Jesus também instruiu seus discípulos a celebrarem em Sua memória: “Façam isso em memória de mim” (Lucas 22:19).

Portanto, a sua participação é um ato de obediência e adoração a Jesus, lembrando o seu sacrifício e expressando a fé nele como Senhor e Salvador.

Ou seja, é a expressão do infinito amor incondicional a toda à humanidade, sendo uma grande oportunidade para renovação da fé e se aproximar Dele.

Conclusão

A Santa Ceia não deve ser tratada como uma simples prática religiosa de uma determinada denominação.

Mas deve ser tratado com muito temor e respeito ao sacrifício de entrega total, que o nosso Senhor Jesus fez por amor à todos nós.

Sendo uma cerimônia sagrada, para todos os que já fazem parte do corpo de Cristo, como para os que desejam assim ser.

“Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.”

(1 Coríntios 12:27)

Assim como na Santa Ceia expressa o sacrifício que o Senhor Jesus fez por nós, também precisamos expressar nossa decisão de sacrificar a nossa vida, por amor à Ele!

E Você? Já entregou a sua vida para Jesus?

Deixe seu comentário abaixo…

Que Deus abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 1 voto
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
O mais novo
Mais antigo Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
Manoel
Manoel
8 meses atrás

Amem. Deus abençoe

2
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima