Quem Foi Matusalém?

Há uma figura enigmática e intrigante encontrada nas páginas do Antigo Testamento, que deixa uma questão curiosa, afinal, Quem Foi Matusalém?

Conhecido por sua notável longevidade, sua história desperta curiosidade e fascínio há séculos.

Neste artigo, vamos explorar quem foi Matusalém, seu contexto histórico e o significado de sua vida para a narrativa bíblica.

O Antediluviano Matusalém

Matusalém é introduzido no Livro de Gênesis, capítulo 5, como parte de uma genealogia que traça a linhagem desde Adão até Noé.

Também é descrito como pai de Lameque e filho de Enoque, outro personagem bíblico conhecido por sua relação especial com Deus.

Mas, uma das características mais distintivas de Matusalém, que muitos questionam até os dias de hoje é sua extraordinária longevidade.

Pois ele é registrado como tendo vivido 969 anos, tornando-se o homem mais longevo mencionado em toda a história da Bíblia Sagrada.

Matusalém Viveu Muitos Anos Mesmo?

Matusalém-Viveu-Muitos-Anos-Mesmo

As longas vidas dos patriarcas, principalmente dos antediluvianos, têm sido interpretadas de várias maneiras diferentes.

Pois há casos de homens que viveram incrivelmente quase um milênio inteiro, como Matusalém.

Mas, podemos destacar 4 principais linhas de interpretação sobre essa longevidade patriarcal:

  1. Interpretação literal: Muitos seguidores da fé interpretam os anos de vida dos patriarcas de forma literal, acreditando que eles realmente viveram centenas de anos. Essa visão é comum em tradições religiosas com abordagem literalista à Bíblia.
  2. Interpretação simbólica: Alguns estudiosos veem a longevidade dos patriarcas como simbólica, representando sabedoria ou a bênção divina.
  3. Interpretação mitológica: Acadêmicos sugerem que os relatos das longas vidas dos patriarcas podem fazer parte de tradições mitológicas antigas, usando números altos para indicar grandeza ou importância.
  4. Interpretação teológica: Em certas tradições, a longevidade dos patriarcas reflete a proximidade com Deus e uma era em que os seres humanos viviam em harmonia com a natureza.

Ou seja, há diferentes tradições religiosas e acadêmicas, que possuem abordagens variadas ao interpretar as longas vidas dos patriarcas bíblicos, dependendo de suas crenças e métodos de estudo.

Mas, independente disso, um fato é importante destacar:

Nas excelentes condições alimentares no princípio da existência humana e a pureza atmosférica maravilhosa, certamente a longevidade incrível dos patriarcas seria algo não tão difícil de acreditar!

Não é mesmo?

Em Qual Época Viveu Matusalém?

Em-Qual-Época-Viveu-Matusalém

Para compreender o papel de Matusalém na narrativa bíblica, é importante entender o contexto histórico e cultural em que ele viveu.

Pois, de acordo com a tradição judaico-cristã, ele viveu antes do Grande Dilúvio, um evento catastrófico descrito em Gênesis 7:17-24, que marcou uma nova era na história da humanidade na época da Arca de Noé, seu neto:

“E durou o dilúvio quarenta dias sobre a terra, e cresceram as águas e levantaram a arca, e ela se elevou sobre a terra. E prevaleceram as águas e cresceram grandemente sobre a terra; e a arca andava sobre as águas. E as águas prevaleceram excessivamente sobre a terra; e todos os altos montes que havia debaixo de todo o céu, foram cobertos. Quinze côvados acima prevaleceram as águas; e os montes foram cobertos. E expirou toda a carne que se movia sobre a terra, tanto de ave como de gado e de feras, e de todo o réptil que se arrasta sobre a terra, e todo o homem. Tudo o que tinha fôlego de espírito de vida em suas narinas, tudo o que havia em terra seca, morreu. Assim foi destruído todo o ser vivente que havia sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; e foram extintos da terra; e ficou somente Noé, e os que com ele estavam na arca. E prevaleceram as águas sobre a terra cento e cinquenta dias.”

Portanto, a sua longa vida o colocou em uma posição única para testemunhar eventos significativos e talvez desempenhar um papel influente na preservação da sabedoria e da fé de sua época.

Mas, a longevidade excepcional de Matusalém levanta questões intrigantes sobre seu significado teológico e simbólico.

Pois alguns estudiosos sugerem que sua longa vida pode ser interpretada como um sinal da graça e da paciência de Deus, que concede tempo adicional para que as pessoas se arrependam e se voltem para ele.

Porém, outros veem isso como uma expressão da deterioração gradual da condição humana após a queda de Adão e Eva, com a vida humana inicialmente projetada para ser indefinidamente longa, mas eventualmente reduzida devido ao pecado.

Além disso, a sua descendência continua uma linhagem especial, que eventualmente levará ao nascimento de Jesus Cristo, como registra o Novo Testamento.

Onde Na Bíblia Fala De Matusalém?

Onde-Na-Bíblia-Fala-De-Matusalém

Na Bíblia, as referências sobre Matusalém estão principalmente no Antigo Testamento, no Livro de Gênesis.

Pois ele é mencionado como um dos patriarcas antediluvianos, ou seja, que viveram antes do Grande Dilúvio.

Mas, aqui estão as 3 referências bíblicas sobre ele:

  1. Em Gênesis 5:25-29 é o principal trecho que menciona Matusalém, pois é listado como filho de Enoque e pai de Lameque. Além disso, é destacado que Matusalém viveu 969 anos, fazendo dele o homem mais longevo mencionado na Bíblia.: “E viveu Matusalém cento e oitenta e sete anos, e gerou a Lameque. E viveu Matusalém, depois que gerou a Lameque, setecentos e oitenta e dois anos, e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Matusalém novecentos e sessenta e nove anos, e morreu. E viveu Lameque cento e oitenta e dois anos, e gerou um filho, A quem chamou Noé, dizendo: Este nos consolará acerca de nossas obras e do trabalho de nossas mãos, por causa da terra que o Senhor amaldiçoou.”
  2. Em 1 Crônicas 1 também Matusalém é mencionado, fazendo parte da genealogia de Adão até Noé: “Adão, Sete, Enos, Cainã, Maalaleel, Jerede, Enoque, Matusalém, Lameque, Noé, Sem, Cão e Jafé.”
  3. Em Lucas 3:37: Neste versículo do Novo Testamento, Matusalém é mencionado na genealogia de Jesus Cristo, como um ancestral distante: “E Lameque de Matusalém, e Matusalém de Enoque, e Enoque de Jarete, e Jarete de Maleleel, e Maleleel de Cainã, E Cainã de Enos, e Enos de Sete, e Sete de Adão, e Adão de Deus.”

Mas, temos a referência de Matusalém além da Bíblia Sagrada. Você Sabia?

Onde Fala Sobre Matusalém Além Da Bíblia?

Onde-Fala-Sobre-Matusalém-Além-Da-Bíblia

Além da Bíblia, existe algumas informações sobre Matusalém no livro apócrifo de Enoque.

Nota: Lembrando, que esse livro não é considerado como inspirado por Deus, por isso não foi canonizado e está fora da Bíblia Sagrada!

Mas, no texto apócrifo, Matusalém é descrito como um homem justo e sábio que viveu em um mundo corrompido pelos pecado.

Ou seja, ele é retratado como alguém que se opõe ao mal e exorta as pessoas a se voltarem para Deus.

Uma das passagens notáveis sobre Matusalém no Livro de Enoque é a profecia relacionada à destruição do mundo por um dilúvio.

De acordo com o Livro de Enoque, Matusalém recebe uma “visão sobre o dilúvio e a iminente catástrofe”, que cairia sobre a humanidade.

Ele é então descrito como alertando as pessoas sobre o julgamento vindouro e exortando-as a se arrependerem de seus pecados.

Também fala, que após o falecimento de Enoque, Matusalém é designado por Deus como sacerdote, enquanto seu neto Nir, irmão de Noé, é nomeado como seu sucessor.

No Segundo Livro de Enoque, ou Enoque Eslavo, Matusalém busca uma bênção do pai e recebe instruções sobre a conduta correta.

E após a ascensão de Enoque aos céus, Matusalém e seus irmãos erguem um altar e celebram, louvando a Deus.

Portanto, essa narrativa apresenta Matusalém como um tipo de sacerdote e um exemplo de retidão em um mundo corrupto, ampliando sua figura além da Bíblia Sagrada.

Conclusão

Em resumo, Matusalém é muito mais do que apenas uma figura bíblica com uma vida incrivelmente longa.

Pois é um dos personagens da bíblia rico em simbolismo e significado, cuja história nos convida a refletir sobre a natureza da vida, da fé e da relação entre Deus e a humanidade.

Embora seu papel na narrativa bíblica seja relativamente breve, seu legado perdura através dos séculos.

Continuando a intrigar e inspirar aqueles que buscam compreender os mistérios da fé e da existência humana.

Que Deus Abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

0 0 votos
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima