Quem foi Zaqueu?

Quem-Foi-Zaqueu-Na-Bíblia

Zaqueu, o publicano, é um personagem bíblico muito conhecido em sua época, um homem rico, pois era chefe dos publicanos.

Embora fosse muito conhecido, não era nem um pouco admirado, pois trabalhava para o Império Romano e organizava a coleta de impostos.

Os publicanos normalmente eram vistos com desdém pelos judeus, porque muitas das vezes aumentavam as taxas para ganhar dinheiro extra.

Neste artigo, exploraremos quem foi Zaqueu, como ele se tornou um publicano e o que acompanhou com sua história.

Quem Foi Zaqueu, o Publicano?

Zaqueu era um judeu, cobrador de impostos, ou publicano, que trabalhava para o Império Romano na cidade de Jericó.

Além disso, Zaqueu era um homem rico, o que significa que ele tinha ganhado muito dinheiro com suas atividades de cobrança de impostos.

Isso fez com que ele fosse ainda mais desprezado pela população local, que o considerou ganancioso e desonesto.

No entanto, quando ouviu falar de Jesus passando por Jericó, Zaqueu ficou curioso e decidiu ver quem era esse homem que atraía tanta atenção.

Como Zaqueu encontrou Jesus

Em Lucas 19 descreve como Zaqueu tentou ver Jesus, mas por causa de sua baixa estatura, não conseguiu vê-lo por cima da multidão.

Então, ele subiu em uma árvore para ter uma visão melhor. Quando Jesus passou pelo baixo da árvore, ele olhou para cima e disse: “Zaqueu, desça depressa, pois hoje me convém pousar em tua casa”.

Surpreendido e honrado por Jesus querer ficar em sua casa, Zaqueu desceu rapidamente da árvore e recebeu com alegria.

No entanto, a multidão ao redor deles começou a murmurar e criticar Jesus por entrar na casa de um homem pecador e cobrador de impostos.

Mas Jesus não se importa com as críticas e continua a conversar com Zaqueu, focando em sua salvação.

Durante sua conversa, Zaqueu se arrependeu de seus pecados e prometeu devolver quatro vezes o dinheiro que havia roubado das pessoas.

Jesus, impressionado com sua sinceridade, declarou que a salvação havia chegado em sua casa.

Segue abaixo a passagem bíblica já comentada:

E, tendo Jesus entrado em Jericó, ia passando.

E eis que havia ali um homem chamado Zaqueu; e era este um chefe dos publicanos, e era rico.

E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura.

E, correndo adiante, subiu a uma figueira brava para o ver; porque havia de passar por ali.

E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa.

E, apressando-se, desceu, e recebeu-o alegremente.

E, vendo todos isto, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador.

E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.

E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão.

Lucas 19:1-9

O que podemos aprender com Zaqueu?

Embora a história de Zaqueu seja breve, ela tem muitas lições e verdades valiosas para os cristãos.

Quando meditamos nessa palavra, notamos 4 coisas importantes:

1. A Humildade nos tira da Zona do Comodismo

Zaqueu não teve vergonha ou receio do que poderiam pensar dele ao subir numa árvore como uma criança para ver Jesus.

Ele sabia que tomando tal atitude, todos certamente iriam vê-lo, mesmo assim o fez.

Reconheceu que Aquele que passava era maior do que ele, precisou subir de nível para apenas vê-lo passar.

Com humildade tomou tal atitude reconhecendo que Aquele que passava em Jericó poderia transformar a vida de todos os que se a chegassem à Ele.

2. A Prontidão chama a atenção de Jesus

Ele teve prontidão em subir na árvore, também para descer dela quando foi chamado, como em receber Jesus na sua casa e também em se arrepender dos seus pecados, para à partir de então agir com justiça.

A prontidão de Zaqueu foi em todas as atitudes, pois não esperou algum tempo para agir, tudo foi decidido e executado naquele mesmo dia!

Hoje em dia vemos muitas pessoas demorando para se entregarem totalmente para Jesus.

Algumas ficam até anos dentro das igrejas sem ao menos ter uma experiência profundo e íntima com Deus na pessoa do Espírito Santo.

3. Não importa quem você é ou o que fez, Jesus se importa com você

A história de Zaqueu nos mostra que Jesus não se importa com a nossa posição social ou financeira.

Não se importa com o tamanho ou a quantidade de pecados cometidos.

Ele se importa com nossas intenções e atitudes.

Independentemente do nosso passado, Jesus está sempre disposto a nos perdoar e a nos dar uma nova chance.

4. O verdadeiro arrependimento leva à mudança de Comportamento

Zaqueu se arrependeu de seus pecados e prometeu devolver quatro vezes mais o que tinha roubado.

Ele não se arrependeu apenas com palavras, mas com atitudes, que poderiam trazer até um prejuízo financeiro.

Mas quando a pessoa está decidida a se arrepender de verdade, está também disposta a sacrificar tudo por Jesus.

Tal atitude fez com que Jesus o chamasse de filho de Abraão, pois assim fez também o pai da fé, ao abandonar tudo para seguir a Voz de Deus!

Reflexão sobre Zaqueu

Assim como Zaqueu, hoje temos muitas pessoas perdidas em seus pecados e limitadas espiritualmente por causa de sua condição social e econômica.

Muitas por se apegarem a isso, com orgulho ficam longe de Jesus e nunca o encontram de verdade.

Temos que ser humildes como Zaqueu, sem se importar com a opinião dos outros e ter prontidão para o arrependimento.

Pois diante de muitas falhas que cometemos, Jesus está pronto para perdoar e salvar à todo o sincero de coração.

Deus abençoe sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

Saiba mais: Quem foi Jonas?

5 1 voto
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima