Quem foi o Rei Davi?

Quem-Foi-O-Rei-Davi

O Rei Davi, antes de se tornar rei, pastoreava as ovelhas do seu pai Jessé.

Ainda garoto foi ungido pelo profeta Samuel, como o futuro rei de Israel diante de toda a família:

“Então mandou chamá-lo e fê-lo entrar (e era ruivo e formoso de semblante e de boa presença); e disse o Senhor: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo.
Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá.”

(1 Samuel 16:12,13)

Saul ainda era o rei de Israel, porém Deus já o havia rejeitado e com isso, vivia sendo atormentado espiritualmente.

Davi era era um garoto rejeitado pelos irmãos, mas aprovado por Deus!

Desafio De Davi E Golias

Davi estava servindo os soldados numa guerra interminável, pois já haviam se passado 40 dias em que uma afronta prevalecia.

Curioso pergunta o que estava acontecendo e relatam sobre a afronta do gigante Golias e o exército dos filisteus:

“E diziam os homens de Israel: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel; há de ser, pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de grandes riquezas, e lhe dará a sua filha, e fará livre a casa de seu pai em Israel.
Então falou Davi aos homens que estavam com ele, dizendo: Que farão àquele homem, que ferir a este filisteu, e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?
E o povo lhe tornou a falar conforme àquela palavra dizendo: Assim farão ao homem que o ferir.”

(1 Samuel 17:25-27)

Davi não enxergou como um grande problema, mas uma grande oportunidade para a sua vida e assim se prontifica à lutar!

“Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.
Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça, e os corpos do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; e toda a terra saberá que há Deus em Israel;
E saberá toda esta congregação que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; porque do Senhor é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão.”

(1 Samuel 17:45-47)

Nessa batalha decisiva, Davi consegue derrubar o gigante usando apenas um das cinco pedras de ribeiro em que estava.

Uma vitória histórica que é muito conhecida até os dias de hoje.

Foi recompensado pela conquista, mas teve que enfrentar muitas guerras, injustiças e perseguições para chegar onde Deus tinha determinado.

O Reinado Do Rei Davi

Davi foi coroado a rei depois da morte de Saul no campo de batalha.

Começou a reinar com 30 anos de idade e reinou por 40 anos.

“Então todas as tribos de Israel vieram a Davi, em Hebrom, e falaram, dizendo: Eis-nos aqui, somos teus ossos e tua carne.
E também outrora, sendo Saul ainda rei sobre nós, eras tu o que saías e entravas com Israel; e também o Senhor te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel, e tu serás príncipe sobre Israel.
Assim, pois, todos os anciãos de Israel vieram ao rei, em Hebrom; e o rei Davi fez com eles acordo em Hebrom, perante o Senhor; e ungiram a Davi rei sobre Israel.”

(2 Samuel 5:1-3)

Em Hebrom reinou sobre Judá sete anos e seis meses, e em Jerusalém reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá.

Primeiramente em Hebrom fez alianças para o fortalecimento do seu reinado, conquistando a confiança de diversos líderes de Israel.

Em Israel o filho de Saul (Isbosete) havia sido coroado à rei por alguns apoiadores de seu pai falecido.

Após a morte de Isbosete, Davi consegue assumir o trono e dirigir Israel totalmente unificado com as 12 tribos.

Com isso, constrói o seu palácio em Jerusalém, no Monte Sião, terra que foi conquistada, pois era habitada anteriormente pelos jebuseus:

“E partiu o rei com os seus homens a Jerusalém, contra os jebuseus que habitavam naquela terra; e falaram a Davi, dizendo: Não entrarás aqui, pois os cegos e os coxos te repelirão, querendo dizer: Não entrará Davi aqui.
Porém Davi tomou a fortaleza de Sião; esta é a cidade de Davi.
Porque Davi disse naquele dia: Qualquer que ferir aos jebuseus, suba ao canal e fira aos coxos e aos cegos, a quem a alma de Davi odeia. Por isso se diz: Nem cego nem coxo entrará nesta casa.
Assim habitou Davi na fortaleza, e a chamou a cidade de Davi; e Davi foi edificando em redor, desde Milo para dentro.”

(2 Samuel 5:6-9)

Rei Davi E A Construção Do Templo

O projeto da construção do Templo foi colocado no coração de Davi pelo próprio Deus.

Com isso, seria necessário preparar do bom e do melhor para tamanha construção.

Mas devido à sua mão estar contaminada por muito sangue de batalhas vividas, a responsabilidade da construção ficou para o seu filho Salomão:

“E tu, meu filho Salomão, conhece o Deus de teu pai, e serve-o com um coração perfeito e com uma alma voluntária; porque esquadrinha o Senhor todos os corações, e entende todas as imaginações dos pensamentos; se o buscares, será achado de ti; porém, se o deixares, rejeitar-te-á para sempre.
Olha, pois, agora, porque o Senhor te escolheu para edificares uma casa para o santuário; esforça-te, e faze a obra.
E deu Davi a Salomão, seu filho, a planta do alpendre com as suas casas, e as suas tesourarias, e os seus cenáculos, e as suas recâmaras interiores, como também da casa do propiciatório.
E também a planta de tudo quanto tinha em mente, a saber: dos átrios da casa do Senhor, e de todas as câmaras ao redor, para os tesouros da casa de Deus, e para os tesouros das coisas sagradas.”

(1 Crônicas 28:9-12)

Qual Foi A Oferta Do Rei Davi Para O Templo?

Embora o Rei Davi não tinha tido a permissão de Deus para construir o Templo, fez questão de preparar não somente a planta do projeto, mas também todas as condições materiais para a obra:

“E deu ouro, segundo o peso do ouro, para todos os utensílios de cada ministério; também a prata, por peso, para todos os utensílios de prata, para todos os utensílios de cada ministério.
E o peso para os castiçais de ouro, e suas candeias de ouro segundo o peso de cada castiçal e as suas candeias; também para os castiçais de prata, segundo o peso do castiçal e as suas candeias, segundo o uso de cada castiçal.
Também deu o ouro por peso para as mesas da proposição, para cada mesa; como também a prata para as mesas de prata.
E ouro puro para os garfos, e para as bacias, e para os jarros, e para as taças de ouro, para cada taça seu peso; como também para as taças de prata, para cada taça seu peso.
E para o altar do incenso, ouro purificado, por seu peso; como também o ouro para o modelo do carro, a saber, dos querubins, que haviam de estender as asas, e cobrir a arca da aliança do Senhor.
Tudo isto, disse Davi, fez-me entender o Senhor, por escrito da sua mão, a saber, todas as obras desta planta.”

(1 Crônicas 28:14-19)

“Eu, pois, com todas as minhas forças já tenho preparado para a casa de meu Deus ouro para as obras de ouro, e prata para as de prata, e cobre para as de cobre, ferro para as de ferro e madeira para as de madeira, pedras de ônix, e as de engaste, e pedras ornamentais, e pedras de diversas cores, e toda a sorte de pedras preciosas, e pedras de mármore em abundância.
E ainda, porque tenho afeto à casa de meu Deus, o ouro e prata particular que tenho eu dou para a casa do meu Deus, afora tudo quanto tenho preparado para a casa do santuário:
Três mil talentos de ouro de Ofir; e sete mil talentos de prata purificada, para cobrir as paredes das casas.
Ouro para os objetos de ouro, e prata para os de prata; e para toda a obra de mão dos artífices. Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao Senhor?”

(1 Crônicas 29:2-5)

O Salmista Davi

Além de guerreiro também era escritor, registrando 73 Salmos que servem até hoje como inspiração para muitos louvores à Deus.

Muito talentoso e espiritual no que fazia, se tornou um grande compositor também de salmos considerados messiânicos.

“E estas são as últimas palavras de Davi: Diz Davi, filho de Jessé, e diz o homem que foi levantado em altura, o ungido do Deus de Jacó, e o suave em salmos de Israel.”

(2 Samuel 23:1)

O Pecado Do Rei Davi

Embora fosse um escolhido de Deus, não foi perfeito.

Pois cometeu o pecado de adultério com Bate-Seba.

Também pecou manipulando seu exército, para que o marido dela (Urias) fosse morto em batalha.

Uma sequência de pecados que trouxeram dolorosas consequências para si e para sua família.

Porém quando o profeta Natan o confrontou, se arrependeu imediatamente e foi perdoado por Deus:

“Por que, pois, desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom.
Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher.
Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.
Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol.
Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. E disse Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morrerás.”

(2 Samuel 12:9-13)

Como Foi A Morte De Davi?

Embora o Rei Davi foi um homem que enfrentou muitas guerras ao longo de sua vida, faleceu aos seus 70 anos de idade.

No final de sua vida providenciaram uma jovem donzela sunamita chamada Abisague, para aquecê-lo e cuidar dele.

“E morreu numa boa velhice, cheio de dias, riquezas e glória; e Salomão, seu filho, reinou em seu lugar.”

(1 Crônicas 29:28)

Hoje o nome de Davi é muito respeitado em todo o Israel.

Pois sua grande história de superação e vitórias, também serve de inspiração para o mundo todo, sendo um bom exemplo para todas as nações.

O que podemos aprender com o Rei Davi?

Podemos aprender, que nem mesmo o escolhido, estará impune dos pecados cometidos!

Embora haja o perdão, também haverá consequências!

Mas Deus está à procura daqueles cujo o coração é humilde e dependente de Sua compaixão, misericórdia e força.

Portanto, estando no centro da vontade de Deus, Ele nos capacitará para enfrentarmos quaisquer desafios, nos encorajando e nos fortalecendo para alcançarmos todas as vitórias que Ele já nos preparou!

Deus abençoa a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

Veja mais em: Personagens Bíblicos!

5 2 votos
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima