O Que É Ser O Sal Da Terra Na Bíblia? 2 Tipos De Discípulos!

Para que o servo de Deus entenda o seu papel neste mundo e cumpra seu propósito, é muito importante que saiba, o que é ser o Sal da Terra na Bíblia!

Pois a responsabilidade espiritual é muito grande na vida de um servo de Deus e é necessário saber de sua real condição espiritual.

Portanto, descubra neste artigo, qual tipo de sal você é, para que dê muito sabor às almas perdidas.

Onde Está Na Bíblia Que Somos Sal Da Terra?

A referência ao “sal da terra” foi um discurso proferido pelo Senhor Jesus no Sermão da Montanha.

Pois no início de Seu ministério público, Ele ensinou uma série de princípios éticos e morais aos Seus discípulos e seguidores.

A versão da Bíblia ACF (Almeida Corrigida Fiel) da passagem é a seguinte:

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.” (Mateus 5:13)

Mas, afinal, de onde vem o sal?

Na época do Senhor Jesus, o sal era uma substância valiosa e essencial para a vida diária, e naquela região, era frequentemente obtido no Mar Morto.

Embora o sal venha de várias fontes, as mais comuns são: o sal marinho, o sal de mina e o sal da rocha.

Porém, todos passam por processos de evaporação e purificação antes de chegarem ao consumidor.

Assim como o sal comum tem a sua origem e passa por processos, os servos de Deus também!

Portanto, o próprio nome já revela a origem do servo de Deus (Sal Da Terra), ou seja, é extraído da terra, do , do barro, para se tornar o bom sal e dar muito sabor neste mundo!

Nas palavras do Senhor Jesus sobre o sal, extraímos grandes revelações espirituais para todos os Servos de Deus!

Para isso, vamos entender melhor fazendo uma análise mais profunda e espiritual do texto.

Os 2 Tipos de Discípulos Sal da Terra

Nestas palavras do Senhor Jesus, claramente Ele faz uma separação dos 2 Tipos de Discípulos:

  1. O Bom Sal Da Terra;
  2. O Sal Insípido.

Afinal, qual deles você é?

Para melhor entendimento, vamos falar de cada um com mais detalhes e no final, faça sua sua própria reflexão.

1. O Bom Sal Da Terra

O-Bom-Sal-Da-Terra

O Bom Sal Da Terra tem várias aplicações úteis em diferentes áreas, mas vamos destacar as duas principais:

  1. Dar Sabor aos Alimentos: O sal é um condimento essencial na cozinha, realçando o sabor dos alimentos e sendo fundamental em diversas receitas.
  2. Conservação de alimentos: O sal era um método de conservação, seja em carnes (como na produção de charcutaria) ou na preservação de certos vegetais.

Mas para que o sal seja utilizado dessa maneira, é totalmente necessário estar purificado, e é isso o que define, o “Bom Sal”.

Ou seja, quando o servo de Deus, também é um íntimo de Deus, se mantendo puro e longe do pecado, terá a capacidade de influenciar positivamente o mundo, como um verdadeiro bom sal da terra.

Pois são chamados para dar sabor e ser como agentes de conservação, defendendo valores éticos, morais e espirituais.

Isso implica em ser consciente das próprias ações e impacto, buscando uma influência benéfica com a palavra de Deus.

Contudo, é crucial reconhecer que ser “o bom sal da terra” não implica arrogância ou superioridade, mas sim uma humilde consciência do papel individual na construção de um mundo melhor.

Pois cada pessoa, independentemente de sua posição ou condição, pode contribuir para a transformação positiva de todas as almas sofridas e perdidas.

Ações simples, como gentileza, solidariedade e respeito, podem ter impactos profundos e duradouros na comunidade também.

Além disso, a responsabilidade ambiental também pode ser interpretada à luz desta palavra.

Pois assim como o sal afeta diretamente os alimentos, as escolhas individuais podem impactar diretamente o meio ambiente em que o servo de Deus vive.

Portanto, o Senhor Jesus faz uma chamada à ação, para que cada servo ou discípulo, reconheça seu potencial de influenciar positivamente o mundo e cumpra o seu papel.

2. O Sal Insípido

O-Sal-Insípido-Pisado-Pelos-Homens

Na Roma Antiga, o Sal Insípido era frequentemente espalhado nas estradas por razões específicas.

Pois esse costume tinha origens práticas e estratégicas nas vias, especialmente em regiões onde as condições climáticas poderiam causar danos.

Portanto, vamos expor 3 motivos principais do porque, o sal insípido, era lançado nas estradas:

  1. Preservação do Pavimento: O sal atuava prevenindo o crescimento de vegetação indesejada nas estradas. Isso era particularmente importante para manter as estradas desobstruídas e em boas condições para o tráfego.
  2. Prevenção de Congelamento: Em regiões onde o clima era propenso a temperaturas baixas e formação de gelo evitava o congelamento da água nas estradas. Isso melhorava a segurança e facilitava o deslocamento, reduzindo os riscos de acidentes.
  3. Controle de Poeira: O sal também ajudava a controlar a poeira levantada pelas carruagens e pedestres, mantendo as estradas mais limpas. Isso era particularmente benéfico em áreas urbanas.

Ou seja, todos as pessoas que utilizavam as estradas, sempre pisavam no sal insípido, que não prestava pra mais nada além disso.

O Sal Insípido era àquele que estava impuro, ou seja, estava contaminado e impróprio para ser utilizado nos alimentos.

Assim também é o servo de Deus que se deixa contaminar com as propostas deste mundo, imediatamente deixa de dar sabor!

Portanto, quem é servo e discípulo do Senhor Jesus, precisa andar vigilante à todo o momento!

E o inimigo sabendo disso, sempre em toda a história, trabalhou com diversas tentações, justamente para tirar o sabor de quem deseja servir à Deus de todo o coração!

Por isso, viva uma vida de santidade ao Senhor, pois assim garantirá que seja o bom sal da terra e se mantenha desta forma.

Qual a Posição do Sal da Terra?

O sal quando não serve fica em baixo, mas se o sal serve é colocado em cima!

Porém, não para pisar nos outros, ou numa posição de destaque entre os demais, e sim porque alcançou a maturidade espiritual, semelhante à Jesus, que foi o maior de todos os servos!

E somente alcança tal maturidade, quem se santifica das impurezas e enfrenta todos os processos necessários para esse desenvolvimento.

Mas e você? Qual tipo de Sal é?

O Bom Sal Da Terra ou o Sal Insípido?

Pense Nisso.

Que sejamos o bom sal da terra, espalhando o sabor da plenitude da vontade de Deus neste mundo…

Deus abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 2 votos
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima