Como Ter Disciplina Espiritual? Aprenda em 6 Passos!

A Disciplina Espiritual é a base para uma caminhada com Deus rumo à Salvação Eterna, que todo cristão verdadeiro necessita e pratica.

Mas infelizmente, muitos não priorizam essa disciplina espiritual, fracassando em sua caminha e desistindo de tudo no que um dia acreditou.

Há quem viva uma vida totalmente relaxada espiritualmente, mas com isso, as consequências sempre são graves.

Portanto, neste artigo você aprenderá a como ter uma Disciplina Espiritual que agrada à Deus e também a como mantê-la até o fim.

Uma Vida Disciplinada

A palavra “disciplina” significa: Obediência às regras estabelecidas ou conduta correta em prol do bem-estar.

Embora o ser humano está sempre em busca de facilidades, pois o comodismo é algo muito comum hoje em dia, a disciplina nas tarefas é fundamental para alcançar qualquer resultado significativo.

Portanto, a disciplina é totalmente necessária, em tudo na vida, em todas as áreas, como:

  • Na Saúde: Se alimentar de forma correta, praticar exercícios físicos semanalmente, dormir as horas de sono necessária para o corpo;
  • Na Família: Dar a atenção merecida ao cônjuge, ter o cuidado para dialogar com paciência, demonstrar amor, carinho, afeto;
  • Nas Finanças: Gastar menos do que se recebe, não ostentar futilmente, saber doar a quem precisa, pagar as contas em dia;
  • Nos Estudos: Se aprimorar em conhecimentos importantes, estar sempre aprendendo algo novo para o desenvolvimento;
  • No Trabalho: Chegar no horário correto, dar o melhor de si, cumprir prazos e metas estabelecidas.

Mas, a área da vida mais importante de todas, além dessas citadas acima, é a Disciplina Espiritual!

Como Ter Disciplina Espiritual?

Se para ter uma vida disciplinada é preciso muita atenção, dedicação e foco, para ter uma disciplina espiritual, precisa de muito mais esforço.

Pois além dos fatores de oposições comuns, também existe uma resistência espiritual, que tentará de todas as maneiras possíveis, lhe impedir de executar essa prática.

Além disso, precisamos estar com o coração aberto, para receber a correção de disciplina dada por Deus:

“Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos.” (Hebreus 12:6-8)

Ou seja, Deus, como pai, disciplina à todos os que são Seus filhos!

Pois sabe que somos muito pequenos e precisamos muito da disciplina espiritual, para vencer as tentações, que o inimigo sempre colocará diante dos nossos olhos.

6 Passos Para Uma Disciplina Espiritual

A Disciplina Espiritual é um aspecto crucial da vida de um cristão comprometido, mas afinal, como praticá-la?

Pois é tão importante, que implicará uma relação profunda sua com Deus, trazendo crescimento espiritual e desenvolvimento de hábitos, que fortalecerão a sua fé.

Portanto, exploraremos 6 passos e princípios fundamentados nas Escrituras, para ajudar você a cultivar uma disciplina espiritual sólida:

1. Oração Constante:

A oração é um meio fundamental de comunicação com Deus e precisa ser diária e constante, para que você esteja sempre em conexão com Deus ao longo do dia.

Jesus enfatizou a importância da oração em vários momentos, como visto em Mateus 6:6: “Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.”

Para saber mais sobre a oração, clique aqui: Como Orar?

2. Estudo da Palavra:

O leitura diária da Palavra de Deus é essencial para construção de uma disciplina espiritual, pois assim como na oração falamos com Deus, na leitura da bíblia, Ele fala conosco.

Em 2 Timóteo 3:16-17, o apóstolo Paulo destaca a importância da Bíblia: “Toda a Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente preparado para toda boa obra.”

Para aprender mais sobre a leitura bíblica, clique aqui: 5 Formas de Ler a Bíblia!

3. Cultivo da Gratidão:

Agradecer a Deus em todas as circunstâncias é uma prática que nos aproxima Dele, pois vivemos num mundo cercado por murmuradores, que são ingratos por aquilo que já possuem.

Mas em 1 Tessalonicenses 5:18, o apóstolo Paulo nos lembra: “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.”

Portanto agradeça à Deus por tudo e certamente Ele lhe recompensará!

4. Jejum Espiritual:

O jejum é uma prática que fortalece a disciplina espiritual, sendo fundamental para a comunhão com Deus e muito indispensável para sua vida.

Em Mateus 6:17-18, o Senhor Jesus instrui sobre a prática do jejum: “Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.”

Para aprender mais sobre o jejum, clique aqui: Como Jejuar? Aprenda em 3 Etapas!

5. Comunhão Regular:

A comunhão com outros cristãos é vital para a nossa fé, embora há quem ignore a importância de ir em alguma igreja ou comunidade cristã.

Mas em Hebreus 10:25 exorta: “Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.”

Você frequenta alguma igreja ou comunidade cristã regularmente? Se estiver afastado: VOLTE!

6. Servir ao Próximo:

Servir ao próximo é uma expressão prática do amor cristão, que desenvolve a empatia e à prática da palavra de Deus em sua vida.

Pois em Gálatas 5:13, o apóstolo Paulo destaca a importância do servir: “Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.”

Pois quanto mais damos, mais recebemos e também, quanto mais plantamos, mais colhemos.

Conclusão:

Ter uma disciplina espiritual sólida é uma jornada contínua que envolve práticas diárias baseadas nas Escrituras.

Pois a oração constante, o estudo da palavra, o cultivo da gratidão, o jejum espiritual, a comunhão regular e o servir ao próximo, são elementos fundamentais para nutrir uma vida espiritual saudável.

Portanto, ao seguir esses passos, você poderá desenvolver uma relação mais íntima com Deus e experimentará um crescimento espiritual significativo.

Que este guia prático te inspire e te oriente em sua busca pela disciplina espiritual.

Que Deus abençoe grandemente a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 3 votos
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima