Qual é o Nome de Deus? É Jeová Mesmo?

Qual-É-O-Nome-De-Deus-É-Jeová-Mesmo

A partir do momento em que conhecemos alguém perguntamos o seu nome, mas qual é o nome de Deus?

Essa é uma pergunta muito comum entre muitos que querem se aproximar num relacionamento espiritual, desejando sinceramente a fazer parte dos íntimos de Deus.

Vamos explorar a riqueza e a diversidade dos nomes divinos, com suas implicações espirituais e culturais.

Por isso, nesse artigo aprenda tudo o que precisa saber sobre esse assunto tão intrigante em algumas religiões espalhadas no mundo.

Qual é o Nome de Deus?

Ao longo da história da humanidade, a busca pelo conhecimento e compreensão de divindades tem sido uma jornada complexa e multifacetada.

Uma das perguntas mais fundamentais que têm intrigado teólogos, filósofos e seguidores devotos é a questão do nome de Deus.

Pois em diferentes culturas e tradições religiosas, o nome de Deus tem sido objeto de contemplação, interpretação e adoração.

E nas várias escrituras sagradas e textos religiosos, os nomes atribuídos a Deus carregam significados profundos e simbolismos.

Na tradição judaico-cristã, o Tetragrama “YHWH”, é conhecido como o “nome inefável de Deus”, representando uma divindade suprema e transcendente.

De acordo com Êxodo 3:14, quando Moisés questionou Deus sobre como deveria se referir a Ele diante do povo de Israel, Deus respondeu: “Eu sou o que sou”.

Esse nome reflete a ideia da existência absoluta e eterna de Deus, ou seja, de forma atemporal e única.

Enquanto isso, no Novo Testamento, referências como João 8:58 apresentam Jesus declarando: “Antes que Abraão existisse, Eu Sou“.

Ou seja, esta afirmação reforça a natureza divina de Jesus e a conexão com o Deus do Antigo Testamento, que se identificou como “Eu Sou”.

Por isso, essa continuidade de identidade divina entre o Antigo e o Novo Testamento destaca a unidade e a transcendência do ser divino em sua Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

Quais os Nomes de Deus na Bíblia?

Quais-Os-Nomes-De-Deus-Na-Bíblia

Em toda a Bíblia Sagrada, Deus é revelado com diversos nomes, que são registrados para expressar seus Divinos Atributos e Poder Supremo.

Portanto, segue abaixo uma lista com 40 nomes de Deus na Bíblia, com suas respectivas referências:

  1. Pai Celestial: Mateus 6:9
  2. Rei dos Reis: Apocalipse 19:16
  3. Senhor dos Senhores: 1 Timóteo 6:15
  4. Emanuel: Isaías 7:14
  5. Pão da Vida: João 6:35
  6. Videira Verdadeira: João 15:1
  7. O Caminho, a Verdade e a Vida: João 14:6
  8. Leão da Tribo de Judá: Apocalipse 5:5
  9. Cordeiro de Deus: João 1:29
  10. Bom Pastor: João 10:11
  11. Alfa: Apocalipse 1:8
  12. Ômega: Apocalipse 1:8
  13. Altíssimo: Daniel 7:18
  14. Luz do Mundo: João 8:12
  15. Rocha Eterna: Isaías 26:4
  16. Deus Todo-Poderoso: Gênesis 17:1
  17. Espírito Santo: João 14:26
  18. Juiz Justo: Salmo 9:8
  19. Misericordioso: Êxodo 34:6
  20. Criador: Isaías 40:28
  21. O Justo: Isaías 45:21
  22. Deus de Abraão, Isaque e Jacó: Êxodo 3:6
  23. O Primeiro e o Último: Isaías 44:6
  24. O Altíssimo: Salmos 7:17
  25. O Todo-Poderoso: Gênesis 17:1
  26. O Santo de Israel: Isaías 1:4
  27. O Consolador: João 14:26
  28. O Verbo: João 1:1
  29. O Salvador: Lucas 2:11
  30. O Redentor: Isaías 59:20
  31. O Espírito da Verdade: João 14:17
  32. O Descendente de Davi: Apocalipse 22:16
  33. O Princípio e o Fim: Apocalipse 22:13
  34. O Cordeiro que foi morto: Apocalipse 5:12
  35. O Criador dos Céus e da Terra: Gênesis 14:19
  36. O Deus da Esperança: Romanos 15:13
  37. O Deus da Minha Salvação: Isaías 12:2
  38. O Deus de Toda a Terra: Isaías 54:5
  39. O Deus que Proverá: Gênesis 22:14
  40. O Rei Eterno: Jeremias 10:10

Todas os nomes expressão a Glória Suprema do nosso Senhor dono de tudo e de todos! Aleluia!

Porque Deus é chamado de Jeová?

Porque-Deus-É-Chamado-De-Jeová

A raiz do nome “Jeová” remonta ao Antigo Testamento, particularmente no texto hebraico das Escrituras. Surge da combinação das consoantes “YHWH”, conhecida como o tetragrama sagrado, que representa o nome pessoal de Deus na tradição judaica.

Pois este nome aparece mais de 6.800 vezes no Antigo Testamento e é frequentemente associado a passagens que destacam a relação íntima de Deus com Seu povo.

Em muitas bíblias nos dias de hoje, são traduzidas como “SENHOR”, sendo escrita exatamente dessa forma, com todas as letras maiúsculas.

O nome “Jeová” foi atribuído pelos estudiosos e tradutores das Escrituras durante a Idade Média, como uma tentativa de representar foneticamente o tetragrama YHWH do Antigo Testamento.

Pois o tetragrama YHWH é pronunciado em hebraico como “Yahweh” ou “Yehovah”, com base nas aproximações fonéticas das consoantes em português.

Portanto, intenção por trás desse esforço era facilitar a leitura e a compreensão do nome divino, já que a pronúncia original do tetragrama se perdeu ao longo dos séculos.

Embora o nome “Jeová” tenha sido uma construção humana, é utilizado em vários círculos religiosos.

Mas a pronúncia exata é uma questão de debate entre estudiosos e linguistas, devido à falta de vogais originais no texto hebraico antigo.

No entanto, essas duas pronúncias são as aproximações mais comuns com base na transliteração do texto hebraico antigo para o alfabeto latino.

Quantos nomes têm Deus nas Religiões?

Quantos-Nomes-Têm-Deus-Nas-Religiões

Cada religião nomeia Deus com uma nomenclatura diferente, conforme suas próprias tradições, histórias e crenças.

Portanto, logo abaixo está a lista consolidada com 40 Nomes de Deus, agrupados por 21 religiões correspondentes:

  1. Deus – Cristianismo
  2. Yahweh / Jehovah / Adonai / Elohim / El Shaddai – Judaísmo
  3. Brahman / Shiva / Vishnu / Ganesha – Hinduísmo
  4. Dyaus Pita / Indra / Varuna / Agni / Surya – Hinduísmo antigo.
  5. Allah – Islamismo
  6. Olorun – Candomblé
  7. Olodumare / Oxalá – Umbanda
  8. Ahura Mazda – Zoroastrismo
  9. Waheguru – Sikhismo
  10. Tengri – Xamanismo da Ásia Central
  11. Mami Wata – Religiões tradicionais africanas
  12. Amaterasu – Xintoísmo
  13. Marduk / Anu – Antiga Mesopotâmia
  14. Ra / Amun / Aten – Antigo Egito
  15. Damballa – Vodu e outras religiões afro-caribenhas
  16. The Great Spirit / Wakan Tanka – Religiões indígenas americanas
  17. Pachamama – Religiões indígenas dos Andes
  18. Odin – Mitologia Nórdica
  19. Zeus – Mitologia Grega
  20. Hunab Ku / Ah Puch / Ah Kin – Mitologia Maia
  21. Ometeotl / Tezcatlipoca – Mitologia Asteca

Portanto, nessa lista entendemos o quão variável é o nome de Deus em cada religião, mas lembre-se, que além da variação dos nomes, também cada uma tem uma imagem Divina diferente.

Conclusão: A Profundidade e a Diversidade dos Nomes de Deus

Portanto, em última análise, a questão do nome de Deus permanece um tema de vasta profundidade e diversidade, abrangendo uma miríade de interpretações culturais, espirituais, filosóficas e linguísticas.

Pois a riqueza dos nomes divinos reflete a complexidade da experiência humana em sua busca pelo significado de algo além de sua inteligência limitada.

E através da compreensão e do respeito pelas diferentes tradições e interpretações, podemos construir pontes entre culturas e promover um diálogo significativo que celebre a diversidade espiritual e promova a compreensão mútua.

Ao nos aprofundarmos no estudo dos nomes de Deus, somos convidados a explorar as profundezas do divino e a contemplar a Sua natureza transcendente que permeia tudo e todos.

Que Deus abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 1 voto
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima