Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida! Explicação

O-Caminho-A-Verdade-E-A-Vida-Tabernáculo

Diante de uma pergunta feita por Tomé, Jesus revela grandes mistérios sobre quem Ele é, numa frase muito simples e direta, com 3 palavras chaves: Caminho, Verdade e Vida!

Neste artigo você entenderá tudo o que Jesus estava revelando com essa afirmação, uma explicação para ficar marcada em seu coração.

Jesus e Seus Discípulos

Logo após Jesus ter realizado a ceia com seus discípulos, indicando o traidor e revelando seu destino final, inicia uma grande ensinamento sobre o reino dos céus.

Começa afirmando aos seus discípulos para não ficarem ansiosos ou preocupados com o amanhã, pois futuramente estaria preparando para todos eles um lugar muito especial (João 14.1-4).

Quando um de seus discípulos, lhe faz a seguinte pergunta:

Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? ” (João 14:5)

Tal pergunta mostrava o interesse e a necessidade humana de entender como estaria futuramente naquele lugar especial.

Naquela época, havia uma grande mistura e divisão entre a religião judaica, que traziam mais dúvidas, do que soluções sobre a fé.

Dentre tais divisões tinham: os fariseus, os escribas, os saduceus, os samaritanos, os zelotes, os essênios, os prosélitos.

E cada um deles mostravam diversos “caminhos”, ou costumes, que no fundo traziam muita insegurança para o povo.

Diante de tudo isso, Jesus responde de uma maneira surpreendente, afirmando quem Ele era de fato e sua importância no plano divino da salvação eterna:

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

João 14:6

Vamos separar essas 3 palavras chaves utilizadas por Jesus, para termos um entendimento profundo de seu real significado.

Caminho, Verdade, Vida e o Tabernáculo

Quando Jesus afirmou essas 3 palavras estava expondo as 3 portas de entrada, que haviam no Tabernáculo de Moisés.

Pois, para se chegar ao Santíssimo Lugar, ou seja, ao Pai, era preciso passar por todas as portas.

Porém, apenas o Sumo Sacerdote poderia passar por todas as portas e consultar ao Pai e isso somente uma vez ao ano.

Jesus já estava revelando que através Dele, todos os que cressem teria acesso ao Pai!

Mas vamos explicar agora com detalhes, a função de cada porta e seu significado espiritual para as nossas vidas.

1º Porta: Caminho

O nome da primeira porta era “Caminho”, por onde as pessoas apresentavam seus animais para a realização dos sacrifícios.

Ali o sacerdote analisava o animal e caso estivesse em perfeito estado, seria derramado o sangue e depois sacrificado a carne no Altar do Holocausto.

O-Caminho-A-Verdade-E-A-Vida-Primeira-Porta

Isso significa algo profundo para nós nos dias de hoje!

Que apenas com disposição de sacrificar a sua vida (derramando o sangue), sua carne (animal queimado no altar), que é possível passar pela porta.

Por isso mesmo que em outra ocasião Jesus afirmou:

“Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” (Lucas 9:23)

Sem sinceridade ou disposição de sacrificar, para negar a si mesmo, não haverá salvação.

Muitos querem seguir Jesus à sua própria maneira, ou seja, seguindo seu próprio caminho, mas não é assim que funciona.

2º Porta: Verdade

O nome da segunda porta era “Verdade”, que somente seria possível passar o sacerdote, depois de já ter apresentado o sacrifício no altar e se lavado na Bacia de Bronze.

O-Caminho-A-Verdade-E-A-Vida-Segunda-Porta

Isso significa, que após o sacrifício da carne é preciso se lavar, ou seja, ser batizado nas águas para testificar o arrependimento verdadeiro e proporcionar a purificação de todos os pecados.

Por isso que Jesus também afirmou em outro momento da seguinte maneira:

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” (Marcos 16:16)

Se a pessoa ouve a palavra de Deus, diz crer em Jesus, mas não se rende com humildade no Batismo nas Águas, tem alguma coisa errada.

De nada vale também, participar do batismo, se logo após voltar a viver a vida de forma irresponsável espiritualmente.

Após o batismo é necessário ter compromisso com Deus, vivendo uma vida cristã de verdade!

3º Porta: Vida

O nome da terceira e última porta era “Vida”, onde somente entrava o sumo sacerdote uma vez ao ano, para consultar ao Deus Pai, que se manifestava entre as asas dos querubins que estavam sobre a Arca da Aliança.

Ou seja, somente depois de um grande preparo físico e espiritual, que poderia ter acesso ao Santíssimo Lugar.

O-Caminho-A-Verdade-E-A-Vida-Primeira-Porta

Após Jesus ter feito o sacrifício perfeito, rasgou-se o véu e o acesso ao Deus Pai foi aberto para todos os que O aceitarem como Senhor e Salvador.

Vale ressaltar que a palavra “vida” utilizada nessa passagem bíblica, no original grego é “zoe” (ζωη), que significa estar cheio de vitalidade, vida real e genuína, vida ativa e vigorosa, ou seja, trata-se da vida espiritual.

Diferente da palavra “vida” utilizada em outros trechos bíblicos, no original grego “psuche” (ψυχη), que significa respiração, fôlego de vida, ser vivo, que se trata da vida física do corpo.

Quando a pessoa de entrega totalmente à Jesus, sua vida espiritual é transformada por completo através do Batismo com o Espírito Santo.

Conclusão

O caminho para a verdadeira vida, com acesso direto ao Pai, é somente em Jesus e não há outro além Dele.

Por rejeitarem Jesus, o mundo sempre tenta procurar muitas outras alternativas, para “revelar” o que o ser humano precisa:

  • Um caminho distorcido e cheio de desvios e armadilhas;
  • Uma verdade, que é mentirosa e enganadora;
  • Uma vida de ilusão e prazeres momentâneos.

Porém, Jesus é totalmente suficiente para tudo e para todos!

Que Deus Abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

4.7 3 votos
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
O mais novo
Mais antigo Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
Rodinei bandeira
Rodinei bandeira
6 meses atrás

Muito gratificante esse estudo

2
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima