Sunamita-Tudo-Vai-Bem

Diante de um problema grave que a Sunamita passou, notamos uma resposta improvável para muitas pessoas: Tudo Vai Bem!

Quais ensinamentos e reflexões poderíamos trazer para a nossa vida com esse exemplo fantástico?

Leia nesse artigo um exemplo glorioso da mulher Sunamita e aprenda a como reagir de forma correta diante dos desafios da vida.

A Mulher Sunamita

Uma mulher, conhecida na Bíblia de simplesmente Sunamita, tinha recebido uma bênção de Deus.

Através do profeta Eliseu foi-lhe determinado, que tivesse um filho e assim aconteceu.

Tal bênção se teve pela sua generosidade de ofertar parte de sua casa para ser estadia do profeta em suas viagens.

Numa certa ocasião o inesperado acontece, pois de forma repentina, o seu filho, que era a sua bênção recebida, passa mal em meio ao trabalho e morre:

E, crescendo o filho, sucedeu que um dia saiu para ter com seu pai, que estava com os segadores,

E disse a seu pai: Ai, a minha cabeça! Ai, a minha cabeça! Então disse a um moço: Leva-o à sua mãe.

E ele o tomou, e o levou à sua mãe; e esteve sobre os seus joelhos até ao meio-dia, e morreu.

2 Reis 4:18-20

Diante de tal perca qual seria a sua atitude?

Qual seria a sua reação e suas palavras?

A mulher Sunamita teve reações e disse palavras, que nos deixam um grande exemplo de confiança em Deus!

Como a Sunamita reagiu com a perca do filho?

Como-A-Sunamita-Reagiu-Com-A-Perca-Do-Filho

Imediatamente ela não pensou em se lamentar, chorar, murmurar ou questionar à Deus. Não! Ela apenas pensou em agir a fé!

E subiu ela, e o deitou sobre a cama do homem de Deus; e fechou a porta, e saiu.

E chamou a seu marido, e disse: Manda-me já um dos moços, e uma das jumentas, para que eu corra ao homem de Deus, e volte.

E disse ele: Por que vais a ele hoje? Não é lua nova nem sábado. E ela disse: Tudo vai bem.

Então albardou a jumenta, e disse ao seu servo: Guia e anda, e não te detenhas no caminhar, senão quando eu to disser.

Partiu ela, pois, e foi ao homem de Deus, ao monte Carmelo; e sucedeu que, vendo-a o homem de Deus de longe, disse a Geazi, seu servo: Eis aí a Sunamita.

2 Reis 4:21-25

Além da atitude de fé tomada, o mais forte foi o fato de quando o marido ter perguntado o que estava acontecendo ela disse: Tudo Vai Bem!

Mas estava tudo bem mesmo? Ela não tinha acabado de ver seu filho morto?

Porque a Sunamita disse: Tudo Vai Bem?

Embora a Sunamita tenha visto seu filho morto, a fé dela não estava morta, mas estava viva como nunca antes!

Não estava nada bem do lado de fora, mas estava tudo bem do lado de dentro dela!

Podemos perder tudo nesta vida, mas não podemos perder a nossa fé e confiança total em Deus!

Ela sabia que se falasse de imediato do problema antes mesmo de usar a fé, o processo do milagre poderia ser interrompido pelo marido ou pelos demais servos que ali trabalhavam.

As vezes é preciso nós fazermos o mesmo, não saindo desabafando e contando os problemas que enfrentamos para todo mundo…

Hoje com a tecnologia em nossas mãos, facilmente há pessoas que desabafam postando mensagens de ódio, tristeza, injustiça, nas redes socias e outros meios de comunicação existentes.

A Sunamita não quis consolo do marido ou de quem mais estivesse à disposição.

Pois mesmo em meio à uma situação impossível, ela cria no milagre!

A dúvida ou o desânimo, não encontrou lugar na Sunamita, pois dentro dela havia uma fé muito grande no Deus de Israel! Aleluia!

Quem crê no milagre não fica desesperado (a), mas agi a e foi exatamente o que ela fez!

Novamente a Sunamita afirma: Tudo Vai Bem!

Chegando diante do profeta Eliseu no monte Carmelo foi questionada e a resposta foi igual a de antes:

Agora, pois, corre-lhe ao encontro e dize-lhe: Vai bem contigo? Vai bem com teu marido? Vai bem com teu filho? E ela disse: Vai bem.

2 Reis 4:26

Ou seja, a mesma frase se repete em sua reação: Tudo Vai Bem!

E mesmo depois de uma longa caminhada, de aproximadamente 40km, a chama da fé daquela mulher Sunamita não havia se apagado!

Ela sabia e tinha consciência da morte do filho, que as coisas não estavam nada bem, mas dentro dela estava tudo bem.

Diante de tal atitude imediatamente o homem de Deus se propôs em agir em favor dela para operar o milagre, que com muito esforço aconteceu.

Clique Aqui e leia também esse artigo sobre o processo desse milagre da ressurreição do filho da mulher Sunamita.

O que aprendemos com a Sunamita?

Aprendemos que mesmo diante da morte, se tivermos com a nossa fé alicerçada na palavra de Deus, estaremos seguros.

Essa segurança nos dá paz em meio às guerras!

Também nos prepara para o recebimento do milagre impossível!

Caso o contrário, iremos “desabafar” para várias pessoas diante das lutas, sejam grandes ou pequenas, sem nenhuma solução, apenas exposição.

Não podemos alicerçar a nossa fé numa religião ou num mero conhecimento bíblico que possuímos.

Precisamos nos apegar totalmente na Palavra de Deus!

Vamos ter uma fé semelhante a da Sunamita!

Se você se sente impotente diante dos problemas que enfrenta na sua vida, se apegue totalmente na palavra de Deus, que certamente tudo irá bem!

Deus abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 1 voto
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima