Armadura de Deus: Couraça da Justiça!

Sabemos que muitas partes vitais do nosso corpo estão justamente na região do tórax e abdômen, portanto já podemos ter uma ideia da grande importância da Armadura de Deus: Couraça da Justiça!

Pois os pulmões, estômago, fígado, pâncreas, intestinos, coração, dentre outros órgãos, fazem parte dessa região central do corpo humano.

Como nos proteger de tantos ataques que sofremos?

Qual o caminho para esse tipo de revestimento tão importante?

Essas e outras perguntas iremos responder nesse artigo, que certamente lhe abençoará muito e te ajudará a se revestir de toda a Armadura de Deus!

O que a Bíblia e a História fala sobre a Couraça?

Na prisão em Roma, o apóstolo Paulo, escreve uma carta fantástica à igreja em Éfeso e com a inspiração divina, afirma:

“(…) e vestida a couraça da justiça;

(Efésios 6:14)

Ou seja, ao observar atentamente os soldados romanos que faziam a sua guarda, Paulo percebeu que a couraça era uma peça muito chamativa da armadura.

Pois além de estar no centro do corpo, normalmente na couraça também tinham alguns emblemas ou insígnias de identificação.

Essas “marcas” na couraça serviam para mostrar qual unidade aquele soldado pertencia, podendo variar dependendo do tipo de unidade ou da hierarquia.

Por exemplo, a águia era um emblema distintivo associado às legiões romanas.

Porém existiam diferentes tipos de couraças usadas pelos romanos, a mais famosa e distintiva é a lorica segmentata, especialmente popular durante o primeiro século d.C.

Que era composta por tiras de metal que se sobrepunham e eram articuladas por meio de dobradiças e fivelas, formando uma espécie de casco ao redor do corpo do soldado.

Mas também existiam outros tipos de couraças romanas, tais como:

  1. Lorica Hamata: Uma malha de anéis de metal entrelaçados, similar ao que hoje chamamos de cota de malha, que era flexível e oferecia uma boa proteção contra ataques de lâminas.
  2. Lorica Squamata: Feita de pequenas escamas de metal costuradas em uma base de couro ou tecido.
  3. Lorica Plumata: Uma variação menos comum que consistia em tiras de metal (semelhante à penas) presas a uma base de couro ou tecido, proporcionando uma aparência escamosa.

Portanto, a escolha da couraça variava de acordo com o período, o cargo do soldado e a disponibilidade de materiais.

E Paulo percebendo a importância da couraça para um soldado romano, fez uma analogia espiritual, da Couraça da Justiça na Armadura de Deus em um soldado de Cristo.

A Couraça da Justiça para o Soldado de Cristo

A-Couraça-Da-Justiça-Para-O-Soldado-De-Cristo

Conforme já foi exposto, o papel principal da couraça da armadura era proteger os órgãos vitais do corpo do soldado romano.

Com isso, podemos já afirmar, que espiritualmente, a couraça da justiça protege o coração do soldado de Cristo, pois é uma fonte:

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.”

(Provérbios 4:23)

Portanto, o coração é uma fonte!

Ou seja, tudo começa nele, tanto sentimentos bons, como ruins.

Mas, principalmente sentimentos ruins, conforme o próprio Senhor Jesus afirmou:

“¹⁸ Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.

¹⁹ Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.”

(Mateus 15:18,19)

Além disso, temos uma referência bíblica, de que o coração do homem é enganoso:

“⁹ Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?

¹⁰ Eu, o Senhor, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.”

(Jeremias 17:9,10)

Ou seja, a couraça da justiça nos protege principalmente dos ataques internos, do próprio coração!

Com isso, entendemos o porquê de muitos cristãos hoje estarem fracos, tristes, desanimados, pensando em desistirem da fé, magoados, chateados, com muitas dúvidas, medos, etc.

Tudo isso são sintomas de um coração ferido.

Mas, se foi ferido, o que faltou?

Certamente, faltou o revestimento da couraça da justiça!

E precisamos nos atentar muito para isso!

Pois o inimigo sempre usou circunstâncias e pessoas ao nosso redor, para nutrir algum sentimento nocivo e “azedar o coração” dos desatentos.

Portanto, o inimigo primeiro enfraquece a vítima, para depois atacar fatalmente, como aconteceu com vários personagens da bíblia, em diversas ocasiões.

4 Exemplos Bíblicos do Perigo do Coração

4-Exemplos-Bíblicos-Do-Perigo-Do-Coração

Agora veremos alguns exemplos bíblicos do perigo do coração na vida de alguém que não o domina.

Contudo, diante desse perigo iminente, os 4 exemplos que serão citados, só não conseguiram vencer, por não estarem revestidos da couraça da justiça.

Comprovando então, a grande importância dessa peça da Armadura de Deus, para todos os cristãos.

1° Exemplo: O Orgulho no Coração de Lúcifer

“¹² Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! ¹³ E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.

¹⁴ Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.”

(Isaías 14:12-14)

2° Exemplo: A Inveja no Coração de Caim

“⁶ E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?

⁷ Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.

⁸ E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel, e o matou.”

(Gênesis 4:6-8)

3° Exemplo: A Paixão no Coração de Sansão

“¹⁵ Então ela lhe disse: Como dirás: Tenho-te amor, não estando comigo o teu coração? Já três vezes zombaste de mim, e ainda não me declaraste em que consiste a tua força.

¹⁶ E sucedeu que, importunando-o ela todos os dias com as suas palavras, e molestando-o, a sua alma se angustiou até a morte.

¹⁷ E descobriu-lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem.”

(Juízes 16:15-17)

4° Exemplo: A Mentira no Coração de Ananias e Safira

“³ Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?

⁴ Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.

⁵ E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram.”

(Atos 5:3-5)

Como se Revestir da Couraça da Justiça?

A couraça da justiça simboliza a necessidade de uma vida justa e íntegra, diante de Deus e das pessoas.

Pois viver na justiça protege o coração contra os ataques de sentimentos nocivos, que podem destruir completamente qualquer ser humano.

Como cristãos, biblicamente somos exortados a viver uma vida justa, seguindo os mandamentos e ensinamentos de Deus.

Mas, como viver na justiça, se somos imperfeitos?

O apóstolo Paulo responde isso em sua carta aos cristãos em Roma:

“Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé.”

(Romanos 1:17)

Você está vivendo pela fé e se revestindo com a couraça da justiça?

Pense nisso…

Que Deus Abençoe a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 1 voto
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima