Fariseus-Saduceus

2 Grupos de pessoas que estão dentro das igrejas, que acham que estão salvas, porém estão perdidas: Os Fariseus e os Saduceus.

Em muitas passagens bíblicas os encontramos observando e em algumas vezes até questionando alguns ensinamentos ou atitudes de Jesus e seus discípulos.

Esses 2 grupos estavam presentes observando tudo o que acontecia dentre os judeus, principalmente nas cidades de Jerusalém e Judá.

Descubra neste artigo se você se enquadra em um desses 2 grupos, mas esperamos que não…

Quem Eram os Fariseus e Saduceus?

Ambos eram judeus com muita influência em todo o Israel, com autoridade religiosa ou política.

Os Fariseus eram conhecedores profundos das leis e estavam sempre cobrando rigorosamente o cumprimento das mesmas, mas em sua maioria não praticavam o que ensinavam.

Embora houve um (Nicodemos), que deu bom exemplo e se converteu, que ao se aproximar de Jesus teve o belíssimo aprendizado de como nascer de novo.

Os Saduceus por sua vez eram aqueles que tinham um poder aquisitivo acima da média e com isso conseguiam também influência política aliada aos romanos, que era o império dominante na época.

Para identificá-los nas igrejas, nos dias de hoje e de forma bem clara, primeiro vamos notar alguns pontos na pregação de João Batista.

A Pregação de João Batista

João Batista foi enviado antes do Senhor Jesus para a preparação do caminho para o mestre e em uma das muitas pregações que fazia uma delas foi:

E, naqueles dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia,

E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.

Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas.

E este João tinha as suas vestes de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre.

Então ia ter com ele Jerusalém, e toda a Judéia, e toda a província adjacente ao Jordão;

E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus, que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?

Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento;

Mateus 3:1-8

Pela força da pregação, certamente os Fariseus e os Saduceus não estavam presentes ali pela primeira vez.

E infelizmente, nos dias de hoje, não é muito diferente do passado, pois muitos estão frequentemente nas igrejas e não decidem mudar!

Quem São os Fariseus e Saduceus nos tempos de hoje nas igrejas?

Hoje em dia não são todos os que estão nas igrejas, que se entregam verdadeiramente à Jesus, semelhantemente à esses grupos do passado.

Os Fariseus nos dias de hoje são àqueles que conhecem muito da bíblia, da igreja que frequenta, das igrejas ao redor, dos pastores, obreiros, membros, mas não tem nada de Deus, pois não se entregam.

Os Saduceus nos dias de hoje são àqueles que foram abençoados por Deus, pois chegaram na igreja com a vida destruída e foram curados, libertos, tiveram livramentos, família convertida, alcançaram prosperidade, mas não se entregam também!

O que comprova a falta dessa entrega?

A falta do Batismo com o Espírito Santo!

Isso acontece por não produzirem frutos de arrependimento, pois acreditam erradamente, que são mais justos do que os demais.

Jesus numa certa ocasião falou sobre isso, numa parábola incrível:

E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:

Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.

O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.

Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.

O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!

Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.

Lucas 18:9-14

Nitidamente nessa parábola, Jesus expõe o orgulho, que muitos religiosos naquela época tinham.

Infelizmente ainda existem nos dias de hoje muitos religiosos que agem de igual modo.

Vemos igrejas criticando igrejas, cristãos perseguindo cristãos, alguns se julgando melhores que outros…

Conclusão

Independente de quem for, todos nós precisamos ser humildes para reconhecer a necessidade do perdão e da misericórdia de Deus.

Quem se julga justo já está perdido, mas quem se humilha reconhecendo suas fraquezas espirituais será justificado por Deus!

Não se apoie em conhecimentos, semelhante aos fariseus, e nem em conquistas, como os saduceus.

Se apoie em Jesus, pois é somente Dele que vem a Salvação da Alma.

Deus abençoe grandemente a sua vida!

Compartilhe e abençoe alguém também…

5 1 voto
Avaliação do Artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
O mais novo
Mais antigo Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
Ivo carlos
Ivo carlos
7 meses atrás

Ótimo a explicação

2
0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
Rolar para cima